Vimos, na postagem Sri Daya Mata, Mãe de Compaixão, a linda trajetória da discípula direta do mestre iogue indiano Paramahansa Yogananda, que é também uma das notáveis figuras da Self-Realization Fellowship (instituição que presidiu por 55 anos).

Dos títulos da Self distribuídos pela Omnisciência, que estão em português, três são de autoria de Sri Daya Mata: Intuição – Orientação da Alma para as Decisões da Vida; Só o Amor e No Silêncio do Coração. Este último, reúne frases  inspiradoras para que todos estabeleçamos uma comunicação direta com a força criadora do Universo. Nas palavras de Daya Mata: ”Durante minhas viagens por todo o mundo, são tantas as pessoas que me perguntam: ‘Como dar um sentido maior para minha vida? Haverá uma resposta para o vazio, para as aspirações em meu coração? Onde está o amor que não consigo achar?’ Nestas páginas encontra-se, em essência, o que digo a elas.”

Vamos embarcar nessa viagem?

Procure uma posição confortável, respire tranquilamente e não deixe que as preocupações te atrapalhem. Esse é um momento seu de quietude e serenidade. Agora, leia e tente absorver ao máximo a sabedoria de cada frase abaixo. Depois escolha uma delas e repita três vezes: Uma em voz alta, outra como um sussurro e, por fim, mentalmente – até que tenha internalizado aquele ensinamento.

“Deus é um porto de paz, amor, descanso e compreensão, a partir do qual podemos reunir as forças necessárias para enfrentar as intermináveis demandas da vida.”

 

“Não existe absolutamente nada, nenhum ato, que faça com que Deus nos abandone. Ele jamais se afastará de nós.”

 

“Não temos de ser perfeitos para que Deus nos ame. Ele nos ama agora, apesar de todos os nossos defeitos e fraquezas.”

 

“Deus está tão perto de você quanto seus pensamentos permitem que Ele esteja.”

 

“Não há amor que se iguale ao amor de Deus.”

 

No Silêncio do Coração é um ótimo presente!

silencio-do-coracao

http://www.omnisciencia.com.br/no-silencio-do-coracao/p

Últimos posts por Blog da Cultura da Paz (exibir todos)

Comments

comments