21 de janeiro é o “Dia Mundial da Religião” e, também, o “Dia de Combate à Intolerância Religiosa”. A verdade contida em diferentes religiões, sempre foi a tônica do discurso de Paramahansa Yogananda – mestre indiano. Tanto, que a sua primeira palestra nos Estados Unidos tratou do tema e, foi a partir dali, que ele começou a viajar pelo país consagrando-se, mais tarde, um grande líder espiritual.

Quando fundou a Self-Realization Fellowship, instituição responsável pela divulgação de seus ensinamentos, reuniu no altar, lado a lado, Jesus e Krishna, promovendo a união entre a sabedoria dos evangelhos cristãos (muito embora o mestre da Galileia tenha nascido e vivido no Oriente, o Cristianismo se consolidou no Ocidente) e a milenar filosofia iogue, oriental. Recentemente, lançamos o livro “A Segunda Vinda de Cristo – A Ressurreição do Cristo Interior” – uma obra completa que torna clara a mensagem universal pregada por Jesus: a mesma contida no Bhagavad Gita (escritura sagrada hindu).

Para enaltecer o que temos em comum,  já que “somos ligados pelos laços eternos da fraternidade”, Yogananda criou uma oração belíssima, que abre o livro “Meditações Metafísicas” e é extremamente inspiradora, além de vir a calhar – não só no dia de hoje:

Oração por um mundo unido

“Que os dirigentes de todos os países e líderes de todas as raças sejam guiados à compreensão de que os homens de todas as nações são física e espiritualmente iguais: fisicamente, porque somos descendentes de ancestrais comuns, os simbólicos Adão e Eva; e, espiritualmente, porque somos filhos imortais de nosso Pai, ligados pelos laços eternos da fraternidade.

Oremos, em nossos corações, por uma Liga de Almas e por um Mundo Unido. Embora possamos parecer separados em virtude da raça, credo, cor, classe e preconceitos políticos, ainda assim, como filhos do Deus único, somos capazes de sentir, em nossas almas, a fraternidade e a unidade do mundo. Possamos nós trabalhar para que se crie um Mundo Unido, em que todas as nações sejam parcelas úteis, guiadas por Deus, por meio da consciência iluminada do homem.

Todos podemos aprender, em nossos corações, a sermos livres do ódio e do egoísmo. Oremos pela harmonia das nações, para que, de mãos dadas, marchem pelos portões de uma nova e promissora civilização.”

a_segunda_vinda_de_cristohttp://www.omnisciencia.com.br/segunda-vinda-de-cristo-1/p

meditacoes-metafisicashttp://www.omnisciencia.com.br/meditacoes-metafisicas/p

Comments

comments