Como parte da Coleção Omnisciência de títulos infantojuvenis, que contém livros voltados à Cultura da Paz e objetiva servir de suporte para que educadores possam trabalhar valores e virtudes com as crianças, o livro O Caminho da Flor se utiliza da arte dos arranjos florais japoneses – ikebanas – para proporcionar, sobretudo aos jovens, um caminho ao autoconhecimento. Neste dia em que se comemora a “Terra”, casa comum, que possamos entrar em sintonia com a Natureza nos harmonizando internamente e – também – o ambiente ao redor.

O Caminho da Flor é uma trilha em busca de si mesmo através da arte dos arranjos florais. Pouco a pouco, em cada vaso que montamos, vamos redescobrindo o jardim interior de nossas qualidades infinitas. Muitas vezes, essas qualidades encontram-se escondidas entre as ervas daninhas dos hábitos e pensamentos inadequados, que nos distanciam de nossa verdadeira natureza de alegria, paz e harmonia.

Essa obra tem como objetivo inspirar, a partir de algumas das mais elementares regras da arte dos arranjos florais – ikebanas -, uma comunicação mais amorosa com a Natureza. Após muitos séculos de excessiva racionalização, muitos são os danos causados por um modo de viver inadequado: desde a diminuição da saúde física e mental até a falta de entendimento entre as pessoas.

caminho-da-flor

Em uma era de intensa tecnologia, o ser humano, para seu próprio equilíbrio, precisa se redescobrir como parte integrante da Natureza e não mais dissociado dela. A flor é um dos elementos mais belos e sutis da Criação e a arte dos arranjos florais pode atuar de forma profundamente terapêutica em qualquer idade.

Muitos estudos realizados hoje na área da Ecopsicologia demonstram os diversos transtornos físicos, emocionais e psíquicos que são gerados por esse afastamento dos elementos naturais de uma vida mais simples e em harmonia com a Ordem Universal.caminho-da-flor-2

“A Paz é verde”, dizia Wangari Mathai, queniana, Prêmio Nobel da Paz de 2004. Com isso, essa bióloga – que lutou para realizar o plantio de mais de 30 milhões de árvores no Quênia, com a ajuda de mulheres de todo o seu país – queria nos alertar para a importância de voltarmos a nos relacionar com a Mãe Terra, com amor e respeito, criando, dessa forma, os alicerces para a paz mundial.

Um sentimento de gratidão e alegria por tudo o que a Natureza nos oferece surge, naturalmente, quando montamos um singelo arranjo floral: no cuidado com a flor, no contato com a água e com os outros elementos que compõem o arranjo, vamos percebendo o que há de mais profundo nessa arte.

 

caminho-da-florO Caminho da Flor: http://www.omnisciencia.com.br/o-caminho-da-flor/p

“O Caminho da Flor – A arte dos arranjos florais para jovens: um caminho de autoconhecimento é uma trilha de autoaperfeiçoamento, repleta de beleza pelas formas, cores e aromas das flores. Esta obra foi inspirada nas virtudes necessárias para atingir a perfeição nessa arte, citadas em um dos primeiros livros escritos sobre o tema, chamado O Código da Flor, que destacava:
– É necessário esvaziar-se de toda vaidade
– Viver sem pensamentos mesquinhos e perturbadores
– Estar em equilíbrio entre corpo e alma
– Ser despreocupado e simples como a flor do campo”

Últimos posts por Blog da Cultura da Paz (exibir todos)

Comments

comments