O final do ano sugere mais aceleramento. Aquilo que já estava agitado, ganha um ritmo frenético, como se tudo tivesse que ser realizado antes de fechar o ano, para dar uma sensação de “dever cumprido”.

Em meio a todo o trabalho, degustamos mais e mais informações: boas, ruins, péssimas, lindas, sem muita seleção, como se nossa mente pudesse eliminar facilmente do que a alimentamos. Não consegue. Tudo que é esquecido pelo consciente, aloja-se no inconsciente.

É por isso que o grande mestre iogue Paramahansa Yogananda nos ensina sobre a importância de praticar a Engenharia Mental em nossas vidas, selecionando sempre que possível o que vamos ler, ouvir, falar, conversar… Ele diz: “Onde está a sua mente, aí você irá passar o seu tempo.”

Confirmamos hoje, pelos estudos da neurociência o que a ciência da Yoga diz há 5 mil anos sobre se manter em vigilância com a mente, pois ela pode ser nossa melhor amiga ou nossa pior inimiga. É por ela que entra a doença ou a cura. Ela é quem seleciona do que vai se alimentar. Mas, normalmente, ao não darmos importância a ela, vamos nos alimentando de qualquer coisa, como se ela pudesse resistir a qualquer ataque.

Vemos hoje muitos casos de problemas com depressão, ansiedade e muitos tipos de doenças psicológicas. Cultivar o bom alimento mental, manter uma respiração calma e serena, praticar meditação, são recursos disponíveis para qualquer pessoa para prevenir esses problemas e promover a cura deles.

É preciso disciplina e força de vontade para desacelerar em um mundo de tantos estímulos tecnológicos. Mas os recursos da ciência da Yoga são infinitos e oferecem ajuda para qualquer caminhante, não importa onde ele esteja no caminho.

Os livros de Paramahansa Yogananda e suas técnicas baseadas na ciência da Kriya-Yoga são um manancial para isso. Outros grandes mestres também trazem lições para isso. Escolha uma dessas técnicas e pratique com dedicação. A meditação é uma ciência que deve ser praticada com constância e disciplina para obtermos os resultados de uma paz cada dia mais profunda através do exercício de autocontrole, autodomínio e, consequentemente, autotransformação.

Em uma era do “fast”, é difícil aceitar que algo tão simples vai resolver nosso problema. Perdemos a capacidade de sermos simples de coração e mente. A meditação ajuda a reencontrar esse caminho. Experimente. Respire.

Seguem algumas músicas inspiradas na ciência da Yoga para te relembrar de sua essência divina. Espero que goste e aproveite:

Respire

Desacelerar para curar

Tempo para Meditar

 

Maeve Vida é uma das coordenadoras do Programa Omnisciência de Educação para Paz, membro do Conselho da Escola Arte de Ser e da Aliança pela Infância. Autora dos livros Não ao Consumismo. Sim ao Heroísmo!; Papai e Mamãe viraram amigos; e coautora dos livros Gandhi, o Herói da Paz; Francisco, o Herói da Simplicidade; Madre Teresa, a Heroína da Bondade; O Caminho da Flor e Saudação ao Sol – Surya Namaskar. 

Maeve Vida

Maeve Vida

Maeve Vida é coordenadora do Programa Omnisciência de Educação para Paz, membro dos Conselhos da Escola Arte de Ser e da Aliança pela Infância. É professora voluntária de meditação para crianças e jovens há 15 anos na Self-Realization Fellowship.
Conheça os livros de Educação para Paz publicados por essa autora: Gandhi, o Herói da Paz; Francisco, o Herói da Simplicidade; Madre Teresa, a Heroína da Bondade; O Caminho da Flor; Papai e Mamãe Viraram Amigos e Não ao Consumismo, Sim ao Heroísmo.
Maeve Vida

Últimos posts por Maeve Vida (exibir todos)

Comments

comments