awake

O documentário “ Awake – A Vida de Yogananda” narra a trajetória do líder espiritual Paramahansa Yogananda, autor do clássico Autobiografia de um Iogue. Produzido pela CounterPoint em parceria com a Roco Films, o filme traça o percurso realizado pelo indiano, sobretudo no Ocidente, onde teve – por missão – divulgar a milenar ciência da Kriya yoga.

Yogananda foi para os Estados Unidos em 1920, com o intuito de cumprir o que já havia sido previsto pela linhagem de gurus que o antecederam: Mahavatar Babaji resgatou a Kriya yoga e a repassou, nas montanhas dos Himalaias, ao seu discípulo direto Lahiri Mahasaya. Este, por sua vez, transmitiu tais ensinamentos a Swami Sri Yukteswar, o guru que Yogananda encontraria inusitadamente no mercado público de Benares em 1910. Prostrado a seus pés, reverência comum aos indianos, Yogananda seguiria com Yukteswar para o seu eremitério, onde permaneceria por dez anos absorvendo o conhecimento diretamente de seu mestre até que se fizesse cumprir o que já era sabido no passado: a ida à América do Norte para apresentar, em sua linguagem, toda a ciência da meditação.

Quando aportou no efervescente país que à época dava início à vasta produção cinematográfica, sentiu-se impelido a alcançar o coração daquelas pessoas tão absortas nas ilusões dos prazeres mundanos. Com destreza e sensibilidade, logo reuniu multidões para falar sobre meditação, o despertar da consciência divina que habita todo ser, e para ensinar as técnicas científicas de meditação iogue aos ocidentais. Sentindo necessidade de assegurar a pureza desses ensinamentos, Yogananda fundou – em 1920 – a Self-Realization Fellowship, organização que até hoje divulga seus discursos e escritos na forma de livros e por meio de lições que podem ser solicitadas por correspondência para o treinamento em casa.

Yogananda-plateia

A globalização acabou por estreitar os extremos do planeta e as décadas subsequentes do século XX foram marcadas pelo grande interesse pela Yoga e outras práticas orientais no continente americano. Lançado em 1946, o livro Autobiografia de um Iogue – a narrativa da trajetória espiritual de Yogananda, com passagens de profunda devoção mescladas a casos de humor, acabou por tocar inúmeras pessoas, que decidiram se aprofundar em seus ensinamentos e a segui-lo como seu mestre.

Ravi Shankar, respeitável músico indiano, entregou um exemplar ao beatle George Harrison. Ele leu e sentiu de tal forma esta obra que, nas próprias palavras, tornou-se alguém melhor. Quando vivo, George mantinha livros espalhados por sua casa e os entregava a várias pessoas alegando que aquele tal texto era capaz de tocar o coração de todas as religiões. Steve Jobs, fundador da Apple, também costumava declarar apreço pelo mestre indiano. Seu secretário relata no filme que ele tinha, apenas, um livro em seu Ipad: “Autobiografia de um Iogue”. Já em estado terminal, Steve pediu que um exemplar deste best-seller fosse entregue aqueles que comparecessem ao seu enterro. O que aconteceu.

Trailer do filme Awake – The Life Of Yogananda

Estes e muitos outros relatos afetivos encontram-se no documentário, que preza pela qualidade da apuração – foram, aproximadamente, três anos colhendo depoimentos e informações para compor este material que, com qualidade técnica, refinado tratamento de imagens antigas (de conferências e outras passagens de Paramahansa Yogananada) e trilha impecável, acabam por despertar no espectador um sincero respeito por esta notável figura e pela ciência da Yoga.

 

Clique aqui para adquirir o DVD: http://www.omnisciencia.com.br/awake-a-vida-de-yogananda/p 

autobiografia-de-um-iogue

 

Autobiografia de um Iogue: http://www.omnisciencia.com.br/autobiografia-de-um-iogue/p

Comments

comments