Em “Autobiografia de um Iogue”, Paramahansa Yogananda oferece um verdadeiro portal para a compreensão da filosofia indiana narrando sua infância, a peregrinação em busca de seu guru, a vida de cada um dos mestres de sua linhagem (Mahavatar Babaji, Lahiri Mahasaya, Sri Yukteswar), a fundação de uma escola baseada nos princípios da ciência da Yoga, sua vinda para a América e uma peregrinação pela Europa e Oriente, onde teve contato com grandes santos da época. É também um passo inicial seguro para quem deseja conhecer a ciência da Kriya Yoga, técnica científica avançada de meditação.

Esta versão completa, editada pela Self-Realization Fellowship, organização espiritual sem fins lucrativos fundada por Paramahansa Yogananda em 1920 e com sede internacional nos EUA, acaba de ser editada em armênio, a 50ª língua a ter o best-seller traduzido!

Mais sobre o mestre indiano: http://www.culturadapaz.com.br/quem-foi-paramahansa-yogananda/

Conheça todas as traduções da Autobiografia de um Iogue

  1. Albanês
  2. Árabe
  3. Armênio
  4. Assames
  5. Búlgaro
  6. Bengali
  7. Chinês
  8. Croata
  9. Dinamarquês
  10. Holandês
  11. Inglês
  12. Estoniano
  13. Farsi
  14. Filipino
  15. Finlandês
  16. Francês
  17. Alemão
  18. Grego
  19. Gujarati
  20. Hebreu
  21. Hindi
  22. Húngaro
  23. Islandês
  24. Italiano
  25. Japonês
  26. Canadende
  27. Casaque
  28. Letão
  29. Lituano
  30. Malaiala
  31. Marathi
  32. Norueguês
  33. Nepalês
  34. Oriya
  35. Polonês
  36. Português
  37. Punjabi
  38. Romeno
  39. Russo
  40. Sânscrito
  41. Sérvio
  42. Espanhol
  43. Sueco
  44. Tamil
  45. Telugu
  46. Tailandês
  47. Turco
  48. Ucraniano
  49. Urdu
  50. Vietnamita

10 de dezembro de 1946 – Um dia especial

Por Sister Parvati

Em 10 de dezembro de 1946, o Mestre pediu a Ananda Ma que trouxesse a sua caneta. Usando um pé de cabra, ele abriu uma caixa e dela retirou as Autobiografias de Um Iogue, uma de cada vez. Então, escreveu: ‘10 de dezembro de 1946. Bênçãos incessantes, Paramahansa Yogananda.’ Algumas semanas mais tarde, a Sister (Ananda Ma) pediu ao Mestre para que lhe fizesse uma dedicatória. Yogananda a atendeu: ‘Encontre a eternidade no altar destas páginas.’

Eu me recordo vividamente quando a Autobiografia de Um Iogue foi lançada pela primeira vez. Algum tempo depois, perguntei a Paramahansaji se ele poderia anotar um pequeno pensamento em minha cópia. Ele escreveu: ‘Encontre o Infinito escondido no altar destas páginas.’ Às vezes, quando eu tinha uma necessidade específica, abria a Autobiografia em alguma passagem e pensava: ‘Não me lembro de ter visto isso antes!’. Ela abordava exatamente o que eu tinha que trabalhar naquele momento. Embora não soubesse onde deveria ir para encontrá-la no livro, pulava para a página que eu precisava ler. Descobri que o conselho do Mestre é realmente verdadeiro – você pode encontrar o Infinito escondido no altar destas páginas.

Leia também: http://www.culturadapaz.com.br/5-historias-impressionantes-do-livro-autobiografia-de-um-iogue/

O que disse quem leu

O Jornal San Diego Tribune relatou: “Para aqueles interessados em aprender a filosofia Oriental e técnicas de meditação,  Autobiografia de um Iogue é um dos mais cativantes livros disponíveis hoje”. Ele foi honrado como um dos 100 melhores livros espirituais do século 20.

Seus ensinamentos influenciaram uma miríade de luminares, desde o apóstolo da paz Mahatma Gandhi até a estrela lendária Elvis Presley, e o apelo duradouro de sua autobiografia parece apenas aumentar com o tempo. “Você teria dificuldades em encontrar qualquer pessoa no caminho espiritual que não teve sua vida influenciada por esta profunda obra de literatura,” diz o autor Jack Canfield, co-criador da série Chicken Soup for the Soul, que começou sua própria jornada espiritual pela leitura da Autobiografia de um Iogue. Nas mais de 300 entrevistas feitas para o livro American Veda, o autor Philip Goldber chegou à conclusão de que a Autobiografia de um Iogue “levou mais Americanos a explorar a espiritualidade Indiana que qualquer outro texto.”

Quando questionado pelo New York Times qual livro ele gostaria de ter escrito, Dr. Andrew Weil, autor e especialista na área da saúde, respondeu, “A Autobiografia de um Iogue por Paramahansa Yogananda, porque então eu teria tido todas as fabulosas experiências que ele descreveu ao crescer na Índia no começo deste século.”

“Deepak Chopra, autor indiano best-seller e defensor da medicina alternativa, chama o livro de “um clássico eterno na literatura espiritual.”

“Um raro relato.” — The New York Times

“Um estudo fascinante e claramente comentado.” — Newsweek

Em um estilo de leitura muito agradável, Yogananda apresenta um caso convincente para a yoga, e aqueles que ‘vieram para zombar’ podem permanecer ‘para rezar’.” — San Francisco Chronicle

“Pura revelação… deve ajudar a raça humana a entender melhor ela própria… autobiografia no seu melhor modelo… de tirar o fôlego… narrado com uma sagacidade deliciosa e uma sinceridade atraente… tão fascinante quanto qualquer romance.” —    News-Sentinel

“Quaisquer que sejam suas próprias crenças religiosas, você encontrará no Autobiografia de um Iogue uma jubilosa afirmação do poder da alma humana.” — West Coast Review of Books

“…impressiona e interessa o leitor Ocidental“ — Saturday Review

“Não houve nada antes, escrito em inglês ou qualquer outra língua europeia, como esta apresentação da Yoga.”  — Columbia University Press

“Recompensador… uma vida preenchida de aventura espiritual. — United Press

“Finalmente, um cenário do universo não contraditório e intuitivamente satisfatório, desde mundos girando no espaço até o menor detalhe da vida humana.” — Runners World

“Cativante, inspirador; uma raridade literária!” — Grandy’s Syndicated Book Reviews

“Mantém o leitor fascinado… Uma jornada extraordinária feita pelo caminho espiritual que Yogananda trilhou.” — Institute of Noetic Sciences

“Ninguém pode senão honrar e respeitar Yogananda como um grande e verdadeiro professor espiritual.”    — New Age Retailer

“Finalmente uma história da Índia, uma anatomia do seu estado milagroso, uma aula sobre cantos em êxtase… Você não lê esse livro. Você se afunda nele. — The Book Reader

“… uma sabedoria tão profunda que o leitor se sente fascinado, permanentemente tocado” — Haagsche Post, Holanada

“O leitor de nossos tempos presentes raramente irá encontrar um livro tão bonito, profundo e verdadeiro como a Autobiografia de um Iogue… Repleto de conhecimento e rico em experiências pessoais… Um dos capítulos mais deslumbrantes do livro é o que trata dos mistérios da vida além da morte física.” — La Paz, Bolívia

“Páginas que irão encantar o leitor, porque elas apelam à aspiração e saudades que descansam no coração de cada homem.” — Il Tempo del Lunedi, Roma

“É um livro pelo qual o leitor… irá ver o horizonte de seus pensamentos ampliado ao infinito, e irá perceber que seu coração é capaz de bater por todos os seres humanos, independentemente de cor ou raça. É um livro que pode ser chamado de inspirado.” — Eleftheria, Grécia

“Uma obra monumental.” — Sheffield Telegraph, England

“Uma das mensagens mais profundas e importantes deste século.” — Neue Telta Zeitung, Áustria

“Tanto quando fala sobre santos imortais e curas milagrosas, ou quando transmite a sabedoria Indiana e a ciência da yoga, o leitor fica encantado.” — Die Weltwoche, Zurique, Suíça

“A autobiografia desse sábio torna a leitura cativante.” — The Times of India

“Essas páginas revelam, com incomparável força e clareza, uma vida fascinante, uma personalidade de tamanha grandeza do começo ao fim, deixa o leitor sem fôlego… Nós devemos creditar a essa biografia o poder de trazer uma revolução espiritual.” — Schleswig-Holsteinische Tagespost, Alemanha

“Na celebrada Autobiografia de um Iogue, ele (Yogananda) oferece um belíssimo relato da ‘consciência cósmica’ alcançada nos níveis superiores de práticas ioguis, e numerosas perspectivas interessantes sobre a natureza humana pelo ponto de vista iogue e Védico.” Robert S. Ellwood, Ph.D., Presidente, Escola da Religião, Universidade da Califórnia do Sul

“Uma das mais encantadoramente simples e reveladoras histórias de vida… uma verdadeira biblioteca de aprendizagem. As grandes personalidades que ele encontra nessa páginas retornam à memória como amigos dotados de uma rica sabedoria espiritual, e um dos maiores desses seres inebriados de Deus é o próprio autor.” Dr. Anna von Helmholtz-Phelan, Professora de inglês, Universidade de Minnesota

Autobiografia de um Iogue é considerada um Upanishad da nova era… ela satisfez centenas de milhares de buscadores da verdade sedentos por espiritualidade ao redor do mundo. Nós na Índia observamos com admiração e fascinação a fenomenal disseminação da popularidade desse livro sobre os santos da Índia e filosofia. Nós sentimos grande satisfação e orgulho que o néctar imortal da Índia Sanatana Dharma, as eternas leis da verdade, foram armazenadas nesse cálice de ouro, a Autobiografia de um Iogue.” Dr. Ashutosh Das, M.A., Ph.D., D.Lit., Professor, Universidade de Calcutá

“Há muitos livros em línguas ocidentais que expõem a filosofia indiana e particularmente a Yoga, porém nenhum desses livros nos revela com tanta sinceridade as experiências de alguém que incorpora e vive esses princípios.” Dr. Kurt F. Leidecker, Professor de Filosofia, Universidade de Virgínia

“Eu me encontrei com Paramahansa Yogananda em duas ocasiões, nos anos 1930, quando garoto… Vinte anos depois alguém me deu a Autobiografia de um Iogue. No momento que eu comecei a ler o livro, ele fez algo para mim que eu não consigo descrever. Eu li tantos livros sobre yoga, por iogues, mas nunca fiquei tão impressionado como fiquei com esse livro. Tem algum tipo de mágica nele.” Ravi Shankar, Músico clássico Indiano

Um capítulo por dia da Autobiografia de um Iogue

De 18 de novembro a 5 de janeiro, milhares de devotos ao redor do mundo se unem para ler um capítulo por dia do livro. Cada um com o seu exemplar, de forma isolada fisicamente, mas juntos pelo mesmo propósito de sintonizar com o mestre.

 

Autobiografia de um Iogue

Autobiografia de um Iogue

Em “Autobiografia de um Iogue”, Paramahansa Yogananda oferece um verdadeiro portal para a compreensão da filosofia indiana narrando sua infância, a peregrinação em busca de seu mestre espiritual, a vida de cada um dos mestres de sua linhagem (Mahavatar Babaji, Lahiri Mahasaya, Sri Yukteswar), a fundação de uma escola baseada nos princípios da ciência da Yoga, sua vinda para a América e uma peregrinação pela Europa e Oriente, onde teve contato com grandes santos e mestres espirituais da época. É também um passo inicial seguro para quem deseja conhecer a ciência da Kriya-Yoga, técnicas científicas avançadas de meditação iogue. Edição completa, editada pela Self-Realization Fellowship, organização espiritual sem fins lucrativos fundada por Paramahansa Yogananda em 1920, com sede internacional nos EUA.
Considerado um best-seller, integrante da lista dos cem maiores livros espirituais já publicados em todo o mundo, é editado há mais de 60 anos, atualmente em quase 30 línguas e é uma das maiores revelações já publicadas no Ocidente sobre as profundezas da mente e do coração hindus e a riqueza espiritual da Ciência da Yoga. Livro de cabeceira de famosos como George Harrison, Steve Jobs, Gilberto Gil, entre outros.

Comments

comments